Governo de SP decide não impor novas restrições aos eventos

A recomendação foi sugerida às prefeituras do estado para tentar conter avanço de casos de Covid provocados pela variante ômicron. Governo de São Paulo descarta ampliar restrições para comércios e serviços e condiciona às gestões municipais a implementação e fiscalização.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recomendou que eventos esportivos, musicais e festas operem com 70% do público.

eventos

A única medida restritiva impositiva anunciada pelo governador foi em relação aos jogos de futebol. Nos estádios, a medida será aplicada a partir do dia 23 de janeiro, quando começa o Campeonato Paulista.

A recomendação de limitação foi anunciada em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (12) como orientação às prefeituras do estado.

Na coletiva João Doria afirmou que descarta ampliar restrições para comércios e serviços e condiciona às gestões municipais a implementação e fiscalização.

A gestão estadual disse não prever retomar as restrições de funcionamento para o comércio, bares, restaurantes e demais serviços.

A sugestão do governo do estado para os municípios é que faça redução de 30% na capacidade de público nesses eventos, mas deixa em aberto que isso fica a critério dos municípios, dependendo da situação epidemiológica dos municípios, esse percentual pode ser alterado para mais”, disse João Gabbardo, médico e integrante do comitê de saúde.

Durante a coletiva, o governo também anunciou a prorrogação da obrigatoriedade do uso de máscaras até o dia 31 de março.

Fonte: Portal Eventos

Compartilhe:

Escrito por:
Mário Teixeira

Produtor audiovisual formado em 1998 pela New York Film Academy, intusiasta em redações, e apaixonado por eventos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode se interessar

Receba um orçamento em até 2 horas!